Assuntos Governamentais

Ex-tarifários

Criados para alavancar a modernização do parque industrial brasileiro, os “ex” tarifários permitem a importação de bens de capital, de informática e de telecomunicações, que não tenham produção nacional, com uma redução da alíquota do Imposto de Importação para 0%, qualquer que seja a alíquota original.

A M.Flocke Consult elabora e acompanha processos de criação de "ex", em todas as suas fases, incluindo:

- a preparação de documentos;
- a análise de aproveitamento de "ex" já existentes;
- a classificação de mercadorias;
- a análise de similaridade nacional,
- os entendimentos com entidades de classe;
- o encaminhamento e acompanhamento dos processos junto aos órgãos do governo, etc.

Além disso, efetuamos pesquisas sobre os fabricantes/fornecedores mundiais das máquinas e equipamentos indústrias de que sua empresa está precisando.

O diferencial de nossos serviços está na experiência, no bom trânsito nos meios governamentais e na transparência em todas as etapas dos processos. O atendimento personalizado, com dedicação do próprio titular da M.Flocke Consult e a nossa política de fixação de honorários (*) conferem um caráter de exclusividade aos nossos serviços.

(*) O CLIENTE quase não tem despesas com a obtenção deste benefício, visto que a maior parte das mesmas são pagas com uma pequena parcela do valor economizado com a redução dos impostos.

Importação de bens de capital usados

A importação de máquinas usadas é sempre uma alternativa interessante para as empresas que precisam aliar a rapidez da aquisição com a redução de custos, sem abrir mão da inovação tecnológica.

A M.Flocke Consult dá assessoria em projetos de importação de máquinas usadas, relativamente a:

- legislação pertinente;
- análise de existência de similares nacionais;
- acordo de participação nacional com a indústria local, se necessário;
- contratação de laudo técnico, e
- acompanhamento do processo junto ao governo.

Alteração da TEC - Tarifa Externa Comum do Mercosul

Embora se trate de processos demorados, uma vez que requerem análises e consultas públicas nos quatro países do Mercosul, as alíquotas da Tarifa Externa Comum (TEC) podem ser alteradas, para cima ou para baixo, para oferecer proteção tarifária ou para atenuar os problemas decorrentes de desequilíbrios entre oferta e demanda.

Para tanto, elaboramos projetos específicos principalmente visando a redução da TEC incidente sobre matérias primas, produtos semielaborados e produtos acabados.